21 de abril de 2007

Lembraste?

Vejo, quando ainda estou longe, a inocência do teu olhar
vejo, o sorriso que fizeste quando me viste
esse sorriso que me amarra o coração

o nervosismo que vive dentro de ti fez te desviar o olhar
fez te tirar as mãos dos bolsos
fez te sentir 1001 coisas

o Sol que acende a tua cara deu te uma expressão doce
quando te vejo melhor apercebo-me de algo nos teus olhos
os teus olhos estão a dizer o que a tua boca não consegue

ficamos por momentos em silêncio
permanecemos a olhar um para o outro
e os teus olhos por fim fecham-se suavemente...