10 de fevereiro de 2008

Decisões de Verão

Agora ou nunca
Vou viver agora, neste segundo, neste instante
Não tenho mais tempo para desperdiçar

O segundo e o instante estar a passar
Mas o Mundo está a mudar à minha frente
Vou atrás dele, vá ele para onde for

Depressa, corro sem parar, sem olhar para trás
Ninguém me vê, a única coisa que sinto em mim é a minha respiração
A alma está demasiado alucinada para me dar um sinal da sua existência

Levo tudo e todos comigo
Nunca esquecerei ninguém
Até ao mais pequeno poormenor, tudo é, foi e será essencial para mim

Os tempos agora mudaram, tudo está a mudar
O meu segundo está a passar
Agarra a minha mão

Estes são os melhores dias da minha vida
Mas não me largues a mão por favor
Só assim poderei continuar a dizê-lo e só assim chegaremos lá a tempo
Estes serão os melhores dias da minha vida
Corre, corre depressa, olha sempre em frente
E se um dia precisares, o meu peito é o teu..