23 de junho de 2008

Impressões da Minha Vivência

Deixo-me sempre levar
Por aquela vontade de sonhar,
vontade de me sentar ao teu lado
deitar a minha cabeça no teu colo

Deixo que fiques com o meu corpo
deixo que fiques com a minha inocência
sinto-me tão longe, apoiado no vento que me empurra
soprando prazer na minha cabeça
Estou sózinho
Mas sinto-me tão bem
resolvi envolver-me com a minha imaginação
a bela essência que me faz viver

...haverá sempre um lugar
onde possamos sentir...