28 de julho de 2008

22 de julho de 2008

Toque de Altitude


De que vale à tua alma ter o céu
Se eu te tenho a ti
Como perdeste tu a noção da tua dimensão...
Pergunto-te se o melhor não seria abandonar
este estranho pensamento...
esta estranha forma de comportar um ser

Tu, sem mexer um lábio, respondes que és como um pássaro
que apenas gostas de sentir a brisa e a distância no teu corpo
e lá do infinito respirares toda a vida de uma só vez

Achei então este planeta onde vivo
Muito
Mas muito mais bonito

16 de julho de 2008

Diferente

Diferente, é diferente
Não sei porquê nem porque o faz
Não sei o que vê ou sente
Nem sequer sei se o faz por ser


Melhores são as horas passadas assim
Gritar sem elevar o tom de voz
Sonhar sem fechar os olhos
Ir à Lua sem precisar de tirar os pés do chão...


Gosto de rir, sinto-me lá longe de tudo
Não me preocupar
Receber a cada segundo um abraço
Que não vejo, porém sinto tanto...

Sabe bem
Sabe mesmo bem =)

4 de julho de 2008

Livre Vocalização

Sou tão feliz
Adoro amar, adoro voar e sonhar sem controlar
Adoro correr, ver, saber e conhecer
Adoro poder fazer tudo o que faço, até ao limite
Vivo cada dia valorizando tudo isso
Vivo aproveitando tudo o que me deram
Mas sou louco louco louco pelo "desafio"
Morro por um desafio, morro por um jogo
Morro pelo que procuro e ainda não sinto

Sou tão feliz
Aprendi a sê-lo
Porque sempre o quis ser

2 de julho de 2008

(Melhores) Segundos do meu Tempo


Das flores e cheiros que o calor me tráz
Lembro aquela doce sensação do derreter do dia,
a vontade dos abraços e brincadeiras que o mesmo nos faz
e o "adorei cada segundo passado com vocês" que eu e o meu amigo dizia