13 de agosto de 2008

Flores e Estrelas


Para onde tu foste que estás tão longe da minha voz
sinto-te tanto dentro de mim, mas tão longe fora de mim
tudo o que mais pedia agora era ter os teus braços no meu corpo
desejava e desejo a cada segundo que estejas em mim

Porém, alguma coisa me diz que mesmo longe escolhes estar em mim
que mesmo na saudade e na vontade de sentir, tens uma só resposta
e desse amor eu me realizo e me encho de vontade de viver e sonhar
e é neste sentido que o vento que me leva, ele entende-me

Em plena consciência digo que nada se compara, que nada é assim
que nada se multiplica e resulta tão enormemente como esta vontade
que nada mesmo em momentos e circunstâncias tão banais
me faz tão feliz, me apaixona tanto e me faz sentir como nunca me senti

Obrigado
(Na imagem- Um Sonho)