27 de março de 2011

Como tudo parou...

25 de março de 2011

Impreterivelmente

"o dia, a hora, o lugar...
são meras vírgulas
para aquele que deseja Sonhar"

19 de março de 2011

Pai


Os nossos dias, o nosso tempo juntos
é a imagem de um longo e imponente rio
em que as folhas leves e velhas são levadas pela corrente
sabe se lá para onde

As rochas, os pilares, lá continuam...
São a verdade
Os erros vão, a verdade permanece

Não é na nascente que encontramos a beleza
o valor, o mais puro, está escondido e
só é possivel encontrá-lo nos lugares mais estranhos e improváveis
afirmo mesmo que por vezes só é possivel encontrá-lo "sem querer"

e porque a Vida passa
antes que a possamos viver,
façamos este trabalho de pé
Vivamos o juntos o frio...

Para o calor podermos partilhar


Obrigado ao meu Pai

13 de março de 2011

Tenho tanta coisa para te dizer

11 de março de 2011

Snickers e as suas linhas naturais




Vou te contar o que me lembrei hoje

Um dia ofereci-te um Snickers,
faltamos ambos à primeira aula do dia
e ficamos a falar em frente à escola, sentados no chão.
Lembras-te de me ter mostrado uma parte da tua vida que eu nunca tinha conhecido ?

Se calhar nunca te apercebeste da vitória que foi esse dia para mim




Ser Jovem
Linhas Naturais

8 de março de 2011

Acaba o dia a nascer

Quando te parecer estar mais longe
desconfia desse pressentimento

Eu caminho devagar,
mas nunca para trás

Lê nas entrelinhas do nosso lugar
Que estou mesmo ao teu lado a olhar para ti


"Não é um murro que derruba uma árvore"

Ser Jovem
Uma natureza própria