30 de junho de 2011

Do nada

Adormece com o dia no olhar

Lembra-te de mil imagens que te tenham marcado, sente apenas duas ou três

Contempla a tua Liberdade

Recorda um olhar

Suja a roupa, suja as mãos, suja-te no mais profundo de ti... Poderás sempre lavar



Cresce e aprende todos os dias

Diz "sim" ao que dizias "não"... ou "não"

Por mais que custe e não pareça às vezes, tu pertences a ti, à tua Natureza própria

Vive exaustivamente, vive sem razão, vive sem sentido e vive uma vez

Abraça-me sem dizer nada



Ser Jovem, o Sol perto de nós... Sempre

23 de junho de 2011

Res, Non Verbas



e por mais que queira aguentar
só já tenho vontade de cantar,
levantar o braço e jurar
que contra os canhões marcharei

porque amo cada tecido da minha camisola,
porque cada dia será uma página
da melhor história que alguma vez fiz...
quero este dia

que venha o dia em que juro,
o dia em que me comprometo para sempre com este Amor
que venham as agruras
eu cá estarei para as escrever

Res, Non Verbas

Ser Jovem
'Factos, Não Palavras'

14 de junho de 2011


Uma Ideia de Liberdade

5 de junho de 2011

A ideia de um Amor



Toda ela é poesia
Lembra-me o Mar
profundo,
despido de tudo
mas inundado de Vida

Ser Jovem
Súbita Fractura das Palavras