1 de dezembro de 2014

Dias que marcam a alma


És o meu segredo.

As tuas mãos percorrem o meu peito,
os teus lábios colam progressivamente nos meus,
enquanto sinto o cheiro do teu cabelo.
Arrepio.

A noite, é tua.
Sinto-te por tudo quanto sou.
Dois corações batem como um.
Transpirar.

Calo-me enquanto tu te fazes ouvir.
Eu sou teu, tu és minha.
O resto não existe, o tempo é o momento.
Prazer.

Em ti, adormeço o espírito vivo e selvagem.   
Nos teus braços, recupero o fôlego.
Juntos, a noite é uma viagem.
Amar.


Ser Jovem
Coisas que ficam